Detesto o horário de verão!

Para começar, no hemisfério sul não existem estações definidas, como no norte. Então não vejo a menor necessidade.

Pra que ter que acordar antes do sol raiar só porque dizem que vai economizar energia? O que se economiza à noite já se gastou de manhã cedo, quando você precisou de luz para tomar banho, arrumar-se, tomar café, etc. Coisas que antes do tal horário a gente fazia com a claridade natural do dia.

O dia não rende. A gente acha que ainda é cedo, e quando vai ver já passam das dez da noite. Sinto-me roubada em uma hora!

Sol e calor são muito bons para ficar na praia ou na piscina. Para camelar no asfalto quente da cidade, com o sol a pino às quatro, cinco horas da tarde, ninguém merece!

Não há maquiagem que resista ao suor escorrendo pelo rosto!

Pior que o horário de verão, só mesmo o horário político. Mas esse último pelo menos vai acabar logo.

E para não acharem que eu só escrevo para reclamar de tudo, esperei passar o furor e fui ver Nosso Lar. Gostei muito, recomendo. Até para aqueles que não acreditam na doutrina espírita. Muita gente viu Ghost, Amor Além da Vida e outros filmes que tratam desse tema e gostaram. É um filme bonito e comovente. Ótimos atores, ótima direção.

Eu li o livro há muito tempo. Como todo livro espírita, tem umas partes chatas de muito blablablá filosófico. O filme é bem mais enxuto.

Só lamentei que algumas passagens interessantes do livro tenham sido omitidas no filme. Mas compreendo que tiveram que optar, senão seria um filme de quatro horas de duração.

Esperei passar a estréia para evitar a fila. Mas não contava com uma outra estréia, Tropa de Elite 2, que formava uma fila quilométrica.

Na minha ingenuidade, achei que aquela fila que mais parecia uma anaconda era só para comprar ingressos para o Tropa de Elite.

Sorte minha. Fui andando até as bilheterias e vi uma pequena fila. Perguntei para a moça na minha frente se aquela fila era para o Nosso Lar. Ela me disse que não sabia. O rapaz que estava na frente também não sabia.

Acabamos descobrindo que aquela era a fila preferencial para idosos, gestantes, etc. E ficamos lá assim mesmo. Foi minha revanche do dia das eleições quando eu tive que dar minha vez para a galera da terceira idade. Ahá!!!

Comprei meu ingresso e assisti ao filme tranquilamente, enquanto o povo do Tropa de Elite formava uma segunda fila para entrar na sala de exibição.

Estão falando muito bem do filme. Vou dar um tempo para as filas acabarem e vou assistir. Ou talvez espere sair em DVD. Entrar em fila nem pensar! Já esgotei minha cota de programas de índio dessa encarnação.