De bobeira em casa, estou assistindo Argentina x Grécia. E torcendo pra los hermanos! Podem jogar tomates!

Sei lá porque a implicância com nossos vizinhos sulamericanos. Quando é coisa futebolística somente eu entendo. É saudável, é engraçado.

Mas quando ultrapassa as barreiras do bom senso fica ridículo.

“Argentino é prepotente, se acha o dono do mundo, é mal educado…”  Afirma a unanimidade burra.

 Pergunto eu: Quantos argentinos você conhece, cara pálida???  Mais de setenta por cento da população do país?  Mesmo assim é pouco.

Conheço argentinos educadíssimos, cultos e simpáticos. Conheço brasileiros grossos, ignorantes, de dar vergonha. Mas nem por isso eu digo que brasileiros dão vergonha.

O problema é com a amostra populacional de argentinos que vem para cá fazer turismo, que é da pior espécie. Baixo nivel, ignorantes e mal educados. A ralé local.

Mesma coisa os brazucas que, aproveitando as promoções de passagem aérea, os pacotes turísticos e o câmbio a nosso favor, aterrissam por lá. Educação passa longe…

Argentinos e brasileiros com bala na agulha e educação mais refinada vão para a Europa. Turismo por aqui quem faz é póóóbre!

Bom, já vi bastante do jogo. Vou ver a reprise de Por Amor e descer a lenha no Manoel Carlos pra não perder o hábito.